Centro Local de Animação e Promoção Rural
CLAP
 


"O envelhecimento não é um evento com data marcada,

mas sim um processo que se dá durante toda a trajectória do ser humano."

 

A população idosa desde sempre constituiu um dos grupos mais vulneráveis a situações de pobreza e exclusão social, por se encontrar em larga medida afastada de alguns dos sistemas sociais básicos, vendo ameaçado o exercício pleno da sua cidadania. De uma forma geral, as pessoas idosas acumulam situações de desfavorecimento devido aos baixos rendimentos, ao nível de literacia, baixos níveis de instrução, na limitação ao acesso a cuidados de saúde, bem como de condições de habitabilidade, com níveis de conforto e qualidade deficitário.

 Na sua singular contribuição, o CLAP conjuntamente com os parceiros envolvidos neste projecto, pretende criar ou resgatar redes de vizinhança e apoio informal, cuja finalidade se prende com a melhoria da qualidade de vida dos idosos, reduzindo desta forma as situações que geram perda de capacidade de independência destas pessoas.

É neste quadro que assume particular significado o desenvolvimento deste projecto, que pretende proporcionar a criação de uma retaguarda informal e a implementação de um serviço que se destina à promoção do bem-estar da população idosa, num regime de estabilidade e protecção pela própria comunidade local.

 

Definição do Projecto

O projecto TeleAmigo procura proporcionar aos idosos em situação de dependência a manutenção da sua autonomia, permanecendo no seu domicílio e usufruindo da mais-valia da integração numa comunidade local, nomeadamente da retaguarda mais próxima da rede de vizinhança, através de uma rede de comunicação informal.

 

Princípios

Os princípios deste projecto prendem-se essencialmente com os seguintes objectivos:

  • Evitar ou retardar a necessidade de recurso à institucionalização de pessoas em situação de isolamento;
  • Garantir um serviço de apoio inovador e sem grandes custos, no sentido da melhoria da qualidade de vida, saúde, segurança e auto-estima dos beneficiários;
  • Proporcionar uma resposta imediata em situações de urgência / emergência a todos aqueles que se encontrem em situação de vulnerabilidade, dependência ou isolamento social.

 

Implementação do Projecto

  1. Sinalização da população sénior em situação de isolamento;
  2. Avaliação da disponibilidade da rede de vizinhança;
  3. Apresentação do projecto às entidades promotoras / financiadoras
  4. Estabelecimento de protocolo entre o CLAP e os vários agentes envolvidos;;
  5. Divulgação do novo serviço nos jornais, TV local, junto de serviços públicos, nas Juntas de Freguesia, nas escolas e nas paróquias;
  6. Recolha das fichas de sinalizaçãor;
  7. Avaliação da intervenção.

Condições de Acesso ao Apoio

  1. Pessoas residentes na área de intervenção do CLAP, com idade superior a 65 anos;
  2. Pessoas que sofram de alguma incapacidade (mesmo que temporária ou mobilidade limitada);
  3. Pessoas que tenham um rendimento mensal inferior a 350€, em 2011;
  4. Pessoas que não possuam adequada rede familiar de suporte e/ou residam em locais isolados.
  5. É necessário ainda que o utente possua linha telefónica ou telemóvel na sua habitação.

Processo de Candidatura

O processo de candidatura é instruído com os seguintes documentos:

  • Ficha de Sinalização devidamente preenchida e assinada pelo requerente, e que pode ser encontrado disponível nos serviços ou no site do CLAP;
  • Cópia do documento de identificação civil, do documento de identificação fiscal e do documento de identificação da Segurança Social ou do cartão de pensionista da Segurança Social, do requerente e dos restantes elementos que com ele coabitem;
  • Comprovativos dos rendimentos auferidos pelo candidato e pelos restantes elementos, nos últimos dois meses.
 

Critérios de Selecção das Candidaturas (Processo de Decisão)

As candidaturas têm prioridade se:

  • O idoso estiver numa situação de pobreza, dependência, isolamento e sem qualquer apoio familiar, que se  enquadre nos critérios de selecção e de atribuição definidos pela Instituição;
  • O idoso for cliente do CLAP.
 
A decisão relativa à candidatura é comunicada ao requerente no prazo máximo de 60 dias contados da data da sua apresentação.
 
  

Responsabilização dos Clientes

Cada pedido será objecto de avaliação e, mediante critérios previamente definidos em Regulamento, poderá haver lugar a uma pequena comparticipação do utente, nomeadamente o custo de uma chamada local sempre que for accionado o serviço.

 

Como solicitar este apoio

Mediante o preenchimento de impresso próprio, nas instalações do CLAP, do telefone 255 433 576, vi correio electrónico, ou através do contacto directo com qualquer elemento do Departamento da Terceira Idade.